Elvis: um cachorro holandês

Uma das principais perguntas que me faziam quando eu dizia que ia mudar pra Holanda era se o Elvis viria junto. E a resposta sempre foi a mesma: ÓBVIO!

O Elvis é um membro da família e ou seríamos todos ou nenhum, então beeem antes de decidirmos vir, quando a mudança era um sonho e não um plano, eu comecei a pesquisar sobre o procedimento pra trazer um cachorro pra União Europeia.

O processo na verdade é bem simples, mas isso não quer dizer que ele é rápido ou fácil de entender. Eu fiquei semanas lendo documentos do governo (tanto do Brasil, quando da UE), procurando blogs de pessoas que levaram seus cachorros pro exterior e conversando com essas mesmas pessoas.

Vou falar aqui sobre os procedimentos que eu fiz específicos pro Elvis e pra União Europeia, mas eles podem mudar, então sempre cheque antes o Ministério da Agricultura do Brasil, com o Consulado/Embaixada do país de destino e com a companhia aérea que você pretende usar para viajar.

Microchip

A primeira coisa que você precisa fazer é colocar um microchip de identificação no seu cachorro, de preferência um que tenha padrão de leitor internacional (ISO 11784/11785), caso contrário você terá que comprar também o leitor. O microchip é barato (acho que paguei uns R$ 40), tem o tamanho de um grão de arroz e é aplicado na nuca do cachorro. Depois de aplicado, você recebe um número com o código dele (que vira tipo um RG do cachorro) e precisa também de um certificado de microchipagem carimbado e assinado pelo veterinário (o meu eu imprimi pelo site do fabricante e levei só pra veterinária carimbar e assinar).

Anti-rábica e sorologia

Depois de botar o microship, você leva seu cachorro pra tomar a vacina anti-rábica (o microship vem sempre antes!) e o veterinário cola o comprovante na carteirinha de vacinação dele. Se o seu cachorro for muito filhote, tem algumas regras a mais, então vale pesquisar sobre isso.

Bom, trinta dias depois de ter vacinado, você precisa colher sangue do seu cachorro para fazer o exame de sorologia para a raiva. Esse é o exame que vai atestar que a vacina “pegou” e que o seu cachorro é imune à doença. O exame precisa ser feito por um órgão com cadastro internacional e no Brasil acho que o único a fazer atualmente é o CCZ em São Paulo. O exame custa uns R$ 200 e leva trinta dias pra ficar pronto. Quando ele chegar, você precisa ver se o resultado está ok (anticorpos com pelo menos 0,5 UI/ml) e guardar esse papel com a sua vida.

Esse documento vale pra sempre, desde que você nunca exceda o prazo de 1 ano para a revacinação, ok?

Um ponto importante aqui: O cachorro só pode viajar 90 dias da coleta do sangue, mesmo que o exame fique pronto antes, esse prazo tem que ser respeitado!

Passagem

Exame feito, agora você precisa saber a data da sua viagem e as regras da companhia aérea para o transporte de animais. Dependendo do peso e do tamanho, o seu bichinho pode ir na cabine com você (sonho!!!) ou então terá que ser despachado.

Mas calma! Isso não quer dizer que ele vai lá no meio das bagagens, os aviões tem um compartimento climatizado e pressurizado para cargas vivas e é lá que a caixa vai. Nós, como somos neuróticos, entramos no avião e já fomos perguntar se eles tinham embarcado um cachorro e se o piloto estava ciente. É só mais uma forma de ter certeza que tudo deu certo.

E se seu cachorro for grande, cheque o peso a dimensão máximos aceitos pela companhia aérea, o Elvis, por exemplo, excedia o permitido por várias.

Caixa de Transporte

As caixas de transporte precisam seguir o padrão IATA e tem algumas regras básicas que você tem que saber: a caixa não pode ter rodinhas ou, caso tenha, elas precisam ser travadas com fita; elas precisam ter aberturas nos quatro lados e o cachorro precisa poder ficar de pé sem abaixar a cabeça e dar uma volta completa nele mesmo. Pode parecer chatice, mas o bichinho vai passar horas lá dentro, então é importante que ele esteja confortável.

Como o Elvis é quase um pônei, ele precisou de uma caixa tamanho gigante e nós só achamos uma marca no Brasil que atendesse aos padrões, a Vari Kennel tamanho gigante rs.

Vigiagro

O documento final para a viagem do cachorro é emitido por um braço do Ministério da Agricultura, o Vigiagro. Nós fomos na unidade deles que fica no Aeroporto de Guarulhos, no terminal 3.

O documento que eles emitem tem 10 dias de validade, então você precisa agendar o horário para ir lá 10 dias antes de viajar. O agendamento é feito por telefone e eles demoram pra atender, insista.

No dia agendado você precisa levar o atestado original de microchipagem com 2 cópias simples, a carteirinha de vacinação com 2 cópias simples, a sorologia para a raiva original com 2 cópias simples e um atestado de saúde emitido por um veterinário com caneta azul com no máximo 72h de emissão (modelo aqui).

Entrega tudo isso e volta 2 dias depois para buscar o documento final.

Preparação

Além de todos esses trâmites, é importante você preparar o seu cachorro pro dia da viagem e isso quer dizer deixa-lo a vontade e se sentindo seguro na caixa de transporte.

Ta, como?

O que a gente fez foi jogar petiscos e brinquedos pro Elvis dentro da caixa e fazer muita festa quando ele entrava pra buscar. Também colocamos a caminha dele lá dentro e fomos deixando ele trancado lá dentro por algum tempo (comecei com 5 minutos e parei com 30, mas o recomendado é que você vá aumentando até o cachorro conseguir dormir uma noite inteira lá dentro).

E no dia da viagem fomos bem cedo pro aeroporto, demos água, comida e levamos ele pra passear pra fazer xixi e coco. Acabamos não colocando água e comida dentro da caixa, mas depois me arrependi de não ter colocado pelo menos a água (que precisa ser num bebedouro tipo esse), o bichinho chegou morrendo de sede.

Ah e também é legal colocar uma fronha ou uma camiseta sua junto, assim ele sente o cheiro e fica mais tranquilo.

E sobre a clássica pergunta: Vocês deram remédio pra ele dormir?

Não, conversei com a nossa veterinária e também li vários blogs e a recomendação foi sempre a mesma: não dar remédio. Primeiro porque pode gerar um stress no cachorro, por ele estar sozinho e se sentindo fraco e sem poder se defender direito. E segundo porque, caso ele seja realmente dopado a ponto de ficar inconsciente e tiver alguma turbulência, ele pode bater na caixa e se machucar.

E agora uma série de fotos mostrando a vinda do Elvis (ta uma fofura, não deixem de olhar) e no final coloquei os contatos do veterinário, do laboratório e do Vigiagro 🙂

IMG_2475
Acostumou tão bem que entrava na caixa pra dormir sem ninguém mandar
IMG_2479
Indo pro aeroporto
IMG_2482
Chegando em GRU
IMG_2487
Já na caixa lacrada (e eu chorando do outro lado)
IMG_2484
Já na Holanda, ainda meio assustado
IMG_2488
Ainda no aeroporto em Amsterdam, já recuperando o charme
IMG_2565
Na casa nova, com charme 100% recuperado

Microship, Vacinação e Atestado de Saúde
Rua Demóstenes, 1054 – Campo Belo – São Paulo/SP
(11) 3969-1054

Vigiagro
Aeroporto de Guarulhos, Terminal 3 (em frente ao Rei do Mate)
(11) 2445-5956

Sorologia Raiva
Rua Pascal, 1382 – Campo Belo – São Paulo/SP
(11) 5531-6034
(11) 94789-7539

OBS: Esse é o procedimento para o cachorro ir como bagagem acompanhada (quando ele é despachado atrelado a um passageiro), ta? Caso você queira despacha-lo como carga viva, eu recomendo contratar um despachante e preparar o bolso, porque é bem caro!

3 comentários sobre “Elvis: um cachorro holandês

  1. Madyne

    Finalmente um blog que me explicou 100% o processo, tirou várias dúvidas minhas, principalmente referente ao exame 👍❤ Adorei e ja comecei a chorar com as fotinhas do Elvis, uma graça!!!!
    As pessoas também me perguntam se ele vai conosco e penso a msm coisa 😘😘😘

    Curtir

  2. Pingback: E este ainda é apenas o quarto post – Julieta na Europa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s